METAJORNAL


METAJORNAL é um estúdio de notícias que agrega fontes de mais de 250 emissores independentes, de diversos espectros políticos, visando experimentar com a idea de centralidade na era digital. Atualmente o jornal é editado por Mateus Guzzo, na Universidade da California, San Diego (UCSD), mas a plataforma busca contar com uma série de colaboradores, de diversas áreas.

The platform seeks to act as a data Robin Hood, acquiring targeted data from large sources such as  Facebook, Google and Reddit and reorganizing them into a digestible transparent news portal citing original links and sources. This has not only the intent of offering a counter informational source to the algorithmic landscape but also demonstrate an alternative to existing corporate platforms that might inspire a real long-term solution in the fields of communication, governance and public policy.



O otimismo em relação ao potencial revolucionário da circulação de informações na internet, particularmente as realizadas por meio das plataformas de mídia social, diminuiu consideravelmente nos últimos 5 anos. Isso vem da conscientização crescente de três observações que partem das discussões sobre a internet:

    1.Aumento da concentração de poder e riqueza; 
    2. Menor propriedade pública e / ou transparente da tecnologia;
    3. Imagens são cada vez mais inseridas em contextos duvidosos de interpretação.

A manipulação de eleições e pesquisas públicas (por exemplo, o Brexit no Reino Unido, Trump nos EUA, Bolsonaro no Brasil) ao lado dos desafios geopolíticos e sociais colocados pela entidades privadas quase-estatais, como Amazon, Alibaba e Facebook, pedem uma solução em igual nível sistêmico que vá além do modelo "estados vs. mercado", preservando direitos democráticos individuais, como a liberdade de expressão, enquanto experimentando com valores supostamente estranhos aos nossos tempos, como a noção de centralismo democrático. Além disso, considerando também a emergência ambiental e social planetária, a degradação das instituições democráticas ocidentais e a limitação de recursos como tempo, local e orçamento para projetos constestacionais, essa alternativa também deve dar conta de novos paradigmas em processo que possam aflorar os desafios contemporâneos que enfrentamos.


Como plataforma 'especulativa' de circulação de informações, o desenvolvimento do projeto Metajornal pode ser uma demonstração ativa de como a teoria crítica aplicada pode abordar as tecnologias emergentes, não com a finalidade de  criar um objeto de contemplação, mas para instigar a criação de conhecimento. Além disso, a aplicação real de estratégias visuais na codificação da Web (por exemplo, letras de um texto em uma tela que começa a tremer quanto mais o algoritmo está funcionando) podem oferecer uma reformulação crítica da filosofia da tecnologia como um veículo ambivalente de desenvolvimento social. Assim, o processo de desenvolvimento e programação do Metajornal se concentra em abordar criticamente as políticas culturais das práticas de trabalho de alta tecnologia, enquanto ainda propõe um debate animado das implicações conceituais em torno do portal de notícias e a implicação política de suas configurações possíveis.

www.matguzzo.com • @matguzzo • some rights reserved • 2005-2021 • email me to talk about almost anything • + 49 151 29842432 • mguzzo@ucsd.edu •